Pesquisa médica e diagnósticos

Raio-X (prostatografia) da próstata

O procedimento da prostatografia é uma técnica difícil, raramente é usada hoje devido ao seu custo.

Que tipo de procedimento, quais são suas características

Estamos falando sobre o estudo da próstata através de métodos de raio-x. O princípio de operação baseia-se na irradiação de uma área específica com raios e processamento posterior do computador. A próstata é um pequeno órgão arredondado localizado perto da uretra masculina. Devido à sua localização, não é visível em imagens simples, pelo que é necessário um contraste adicional.

Este tipo de estudo permite determinar os parâmetros da glândula. E o tamanho dos elementos glandulares é um critério extremamente importante para o estado objetivo de um órgão. A norma é considerada o volume médio de órgão não superior a 36 cm3 em pacientes com idade inferior a 50 anos. Se exceder o tamanho admissível, o médico suspeita de hiperplasia prostática. Este indicador é extremamente importante para a seleção do tratamento adequado da doença.

Prós e contras desta pesquisa

A técnica é altamente informativa, permite determinar claramente o tamanho, estrutura e estrutura da glândula. É usado para esclarecer diagnósticos complexos e confusos. Mas devido à sua invasividade, duração da execução, a técnica é prescrita cada vez menos. A prostatografia foi substituída pela ultrassonografia da glândula, que se distingue pela sua segurança e pela ausência de contraindicações. Este é o estudo informativo mais moderno e acessível que desloca a prostatografia.

Onde eles realizam diagnósticos desse tipo, quais são as indicações para isso?

Normalmente, esse tipo de pesquisa é realizado em centros especiais equipados com equipamentos apropriados.

Use uma técnica para estudar a estrutura da próstata. Certifique-se de ser prescrito se houver uma queda no desejo sexual. Aplicar quando o sangue aparece na urina, dor na zona inguinal ou no períneo. Esta técnica diagnostica a etiologia da micção obstruída. A prostatografia ajuda a distinguir as principais doenças urológicas, a diferenciar, a escolher a terapia adequada. Principalmente dificuldades surgem ao fazer tais diagnósticos:

  • adenoma;
  • prostatite
  • lesão oncológica;
  • abscesso da glândula.

Técnica de contraste

Contraste é uma obrigação neste estudo. Uma técnica de contraste parenteral é usada para estudar neoplasias tumorais. Realce de contraste aplicado de acordo com um esquema especial.

O contraste é uma substância especial de iodo. É necessário para máxima clareza de visualização dos elementos examinados. É introduzido por meio de um cateter alguns minutos antes do diagnóstico. Tem neutralidade, baixa toxicidade para o corpo, portanto, não tem qualquer efeito sobre a condição do paciente.

A função do meio de contraste é significativa. Por coloração dos vasos, melhora o contraste dos tecidos moles. Isso aumenta significativamente a qualidade da visualização, o uso de contraste é justificado principalmente em neoplasias.

A dosagem do elemento de contraste é sempre selecionada individualmente. Tudo depende da idade e peso do paciente. A substância é excretada por vários dias.

O contraste entra no corpo de diferentes maneiras: diretamente na glândula, na bexiga, no tecido circundante.

Preparação para tal exame, especialmente

Esse tipo de pesquisa não requer preparação especial. O paciente se livra da roupa abaixo da cintura e espera a introdução de contraste.

O contraste é rapidamente absorvido pela corrente sanguínea e se espalha por todo o corpo, portanto, as fotos devem ser tiradas até 3-5 minutos após a injeção. As radiografias são realizadas em duas posições: deitadas de costas e laterais.

Durante o exame, o desconforto e a dor são notados. Movimento durante o estudo minimiza o conteúdo informativo das imagens.

A prostatografia é necessariamente realizada por um radiologista experiente que possui a técnica de trabalhar com esse tipo de equipamento. Para isso, o especialista precisará se formar em uma universidade de medicina, passar por especialização em radiologia geral e só então completar cursos adicionais de prostatografia direcionada.

O paciente está dentro de casa sozinho. O especialista que controla o processo está na sala adjacente. Entre os quartos há uma janela que permite ao médico monitorar diretamente o processo.

Após o diagnóstico, o paciente deve necessariamente consumir muitos líquidos. Isso é necessário para limpar o corpo de contraste em pouco tempo.

Quando tal diagnóstico é contraindicado, que tipo de complicações provoca?

O estudo categoricamente não conduz bebês. Para adultos, não há contra-indicações absolutas. Um número de especialistas atribuem hematúria a contra-indicações relativas.

Todas as complicações, sem exceção, estão diretamente relacionadas ao trauma do tecido próximo à bolha. Há graves danos às estruturas vasculares, elementos intestinais. Por isso, hemorragia séria e peritonite são possíveis.

Interpretação dos resultados

Com adenomas, os defeitos de preenchimento com as bordas corretas são claramente visualizados. As neoplasias alteram significativamente o contorno dos elementos do órgão.

As imagens são processadas por um programa especial sob a orientação de um médico. Tal processamento geralmente não leva mais de uma hora. Casos urgentes são emitidos dentro de meia hora.

O paciente recebe várias imagens grandes em suas mãos e uma transcrição detalhada delas por motivos de saúde. Os dados podem ser enviados para o paciente por e-mail.

É importante mostrar os resultados a um médico ou especialista cujo trabalho esteja associado a uma patologia identificada. Somente reunindo todos os estudos e avaliando o quadro clínico, o médico faz o diagnóstico final.

Loading...